Header Ads Widget

4 erros que cometemos na hora de alimentar o nosso amigo pet

 

Você sabia que existem diferentes formas e métodos de alimentar o seu amigo pet?

As refeições devem ser ajustadas para que o tutor possa impedir que seu cão se torne obeso. No entanto, nós, tutores, cometemos vários erros, que são muito comuns durante a alimentação.

Confira alguns:

1. Quando comemos e damos comida para o pet.

    Você já passou por essa situação de que quando está à mesa, os cães começam a pedir comida? Se você o alimenta dessa maneira, eles vão aprender que chorar e latir são a melhor forma de conseguir a comida de que tanto pedem.

O problema de alimentar com comida caseira é que ainda damos ração, e o nosso amigo pet consome mais calorias do que precisa e, eventualmente, ganhará peso.

2. Sobras de comida caseira

    A comida para cães é equilibrada, com nutrição adequada para cada fase do pet. Muitas pessoas pensam que é podem alimentar os filhotes com restos ou eles podem ser fornecidos como um suplemento alimentar. No entanto, os requisitos nutricionais dos cães são diferentes dos humanos, o que pode levar à desnutrição ou obesidade.

Além disso, algumas especiarias e temperos podem prejudicar cães e alimentos caseiros podem causar tártaro quando fornecidos por um longo período de tempo.

3. Dar ossos

A gente sabe que os cães gostam dos ossos das aves e dos bovinos, mas isso não é muito recomendado. Sabe o motivo? Se o seu pet não tiver sendo vigiado, esses ossos podem perfuram o esôfago, o estômago ou o intestinos do cão.

Por isso, recomendamos que você use petiscos funcionais, exclusivos dos cães, que traz muitos benefícios à saúde.

4. Quando não há controle da quantidade de comida oferecida diariamente

Sabia que manter o comedouro cheio de comida pode reduzir a carga de trabalho, mas fará seu cão comer demais, o que leva à obesidade?!

O ideal é que seu amigo pet seja alimentado 2 a 3 vezes ao dia. Para os animais, uma rotina diária regular é importante. No entanto, se a rotina do tutor não permitir isso, você poderá alimentá-lo uma vez por dia, mas precisará medir a quantidade.

Lembre-se de fornecer água limpa e fresca à vontade.

5. Escolher a ração errada (raça, porte, idade)

Fornecer a ração correta para o tamanho, idade e raça do seu amigo pet é essencial para sua nutrição e saúde. Em qualquer fase da vida, você deve fornecer a melhor comida para o seu animal de estimação. Você encontra tudo o que você precisa na Atalaia Rações.

Curtiu as dicas? Siga @atalaiaracoes no Instagram e fique por dentro de nossas novidades.

Postar um comentário

0 Comentários