Header Ads Widget

Julho Amarelo – Hepatite em Cães e Gatos

 


Hepatite em cães e gatos

 

Você sabe o que é ?

 Hepatite é uma inflamação no fígado, sendo uma doença silenciosa que afeta a saúde dos humanos, como também de cães e gatos .

A campanha Julho Amarelo tem como objetivo aumentar a conscientização da população acerca de hepatites virais, e nossos pets não serão excluídos!

A Hepatite Infecciosa Canina é cada vez mais conhecida e estudada, tendo como característica principal a debilidade do fígado dos animais, sendo mais comum em filhotes.

Além da Hepatite infecciosa, existe também a causada por origem toxicogênicas e secundárias a outras enfermidades, como a erlichiose (doença do carrapato).

Dentre os sintomas, podemos citar:

  • Aumento da temperatura;
  • Sede intensa;
  • Apatia;
  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Tosse;
  • Dentre outros.

Tratamento da Hepatite Canina

 O diagnóstico de hepatite infecciosa canina só pode ser confirmado por um veterinário após um exame de sangue, e o tratamento por meio de controle de sintomas, através de antibióticos para infecções oportunistas e transfusões de sangue. Não existe um medicamento específico para o vírus da hepatite infecciosa canina, por isso o melhor tratamento é a prevenção! As vacinas polivalentes podem prevenir a hepatite, cinomose canina e parvovírus. Se usadas corretamente em cachorros, podem garantir a imunidade vitalícia a estas doenças!

A  hepatite se apresenta de forma viral (sem qualquer relação com a hepatite humana); parasitária; tóxica (muito comum em gatos), causada por ingestão de alimentos ou medicamentos; congênitas e bacterianas (esta não acomete felinos, apenas cães). 

É importante ressaltar que doenças virais podem ser perigosas e manifestam-se de forma branda, aguda e hiperaguda.

 

Como evitar a Calicivirose felina?

 A melhor prevenção é por meio de vacina ( no caso das hepatites infecciosas), as demais hepatiptes, a prevenção é para uma alimentação adequada e cuidados ao administrar medicamnetos.

 Lembrando que o diagnóstico e tratamento precoces são fundamentais para salvar a vida do pet.

 

Vacinou seu pet?


Curtiu as dicas? Siga @atalaiaracoes no Instagram e fique por dentro de nossas novidades.

 

Postar um comentário

0 Comentários